Grupo LINOS  ::  Media Center - Cogeração potencia produção na Primores do Oeste

Media Center

Cogeração potencia produção na Primores do Oeste

A Primores do Oeste inaugurou a 12 de Junho uma central de cogeração e um novo complexo de estufas com 25 hectares, onde serão cultivados principalmente tomate e pimento.

A central tem 8,8 megawatts de potência instalada e é a maior a nível agrícola em Portugal. Inaugurado com a presença da ministra da Agricultura, Assunção Cristas, este projecto resulta de uma parceria entre a Primores do Oeste, que investiu 25 milhões de euros para construir os 25 ha de estufas, e a Galp Energia, que instalou a central e uma nova linha de alta tensão – num investimento de 8,5 milhões de euros. A central de gás natural produz electricidade (para vender à rede), calor (que aquece água para manter estável a temperatura das estufas) e dióxido de carbono (que estimula o crescimento e a maturação dos produtos hortícolas, para produzir fora de época – Outono/Inverno).

A empresa estima duplicar a produção, de 25 kg/m2 para 50 kg/m2, e prolongar a produção por nove meses e meio, ao invés dos habituais seis meses. A Primores do Oeste pretende expandir o projecto, com a construção de mais 25 ha de estufas (o que implica o investimento de mais 25 milhões de euros em 2014) e a instalação de uma nova central.


Autor: Revista Frutas e Legumes
Data: 2013-07-18
Fonte: Revista Frutas e Legumes



❮ voltar