Grupo LINOS  ::  Media Center - Alfaces com raiz já estão à venda

Media Center

Alfaces com raiz já estão à venda

O sistema flutuante de produção de alface traz uma inovação ao mercado português: alfaces com raiz que, mantidas em água, garantem maior longevidade em casa do consumidor (até 15 dias).

Novidade é a mistura de três tipologias na mesma alface (ex. : frisada, lisa, folha de carvalho), uma espécie de IV Gama viva. Este novo produto já está à venda no Pingo Doce e no Lidl e é exportado para França.

A Primores do Oeste produz 12 milhões de alfaces por ano, usando meia dúzia de variedades, algumas das quais fornecidas pela Rijk Zwaan. A rotação das variedades é grande e a escolha é feita em função das condições climáticas e das preferências do consumidor. A resistência às doenças e ao espigamento também são critérios fundamentais na escolha das variedades. «Temos uma forte empatia com a Rijk Zwaan, da casa-mãe até aos técnicos em Portugal.

Participamos num conjunto de actividades – seminários, workshops, dias de campo – promovidas pela Rijk Zwaan, que nos dão acesso a informação», afirma Jorge Camilo, responsável técnico da Primores do Oeste. A tecnologia floating é relativamente simples: tanques com água e nutrientes em circulação permanente, onde flutuam alfaces dentro de copos de plástico encaixados em placas de esferovite. Cada placa (1 m2 ) suporta 18 alfaces, ou seja, 5. 400 kg no fim do ciclo de produção. Cada tanque leva 20 mil alfaces. O sistema permite grande rotatividade – até 12 ciclos de produção por ano. A colheita e a plantação podem decorrer em simultâneo no mesmo tanque. De um lado as placas flutuantes com alfaces prontas a colher são retiradas da água, ao mesmo tempo que, no outro extremo do tanque, os trabalhadores colocam novas placas com alfaces jovens, que se acomodam no espaço vazio. «O consumo de água é menor do que se tivéssemos que regar ao ar livre e não há excedentes de drenagem, as únicas perdas são por transpiração e retenção das alfaces», explica Jorge Camilo.

As novas alfaces com raiz da Primores do Oeste estão à venda no Pingo Doce e no Lidl e são exportadas para França.

 

Ver publicação completa (Nº 118)

 


Autor: Revista Frutas, Legumes e Flores
Data: 2011-06-05
Fonte: Revista Frutas, Legumes e Flores



❮ voltar